BlogMarketing Digital

6 estratégias que te ajudam a estimular a criatividade

Há quem acredite que ser criativo é um dom, um talento que somente algumas pessoas possuem. Mas na verdade a criatividade deve ser desenvolvida, ela deve ser estimulada. Todos nós temos capacidade para sermos criativos, o problema é que crenças limitantes, preconceitos e barreiras mentais acabam atrapalhando nosso processo.

Se você já cansou de se frustrar por não conseguir ter boas ideias, chegou a hora de trabalhar na sua criatividade. Quer saber como? Separei algumas estratégias (simples) que você pode adotar no seu dia a dia. Vamos lá?

O que é criatividade?

Muito se fala da importância dessa habilidade nos dias de hoje, principalmente para o mercado de trabalho. Mas o que é realmente a criatividade? De forma resumida, é a capacidade de criar, produzir ou inventar coisas novas.

Geralmente nosso lado criativo é exigido quando precisamos: encontrar uma solução para algum problema, uma nova maneira de usar algo que já existe ou descobrir novas formas de fazer algo. Essa capacidade é fundamental para nossa evolução. Afinal, sem a criatividade certamente não teríamos computadores, carros, chuveiros, máquina de lavar roupas ou celulares.

Como seria nossa vida hoje sem essas e tantas outras invenções, que surgiram de mentes criativas e inovadoras?

6 estratégias para se tornar uma pessoa criativa

O cérebro é um órgão que também precisa de cuidados, principalmente para aqueles que desejam ser mais criativos. Para que a sua criatividade se desenvolva é preciso mudar sua forma de pensar e inserir novas atividades na sua rotina para remover seus bloqueios e permitir que ela flua.

Exercite o cérebro

Para termos uma boa saúde física (e também mental) realizar exercícios físicos é uma das primeiras recomendações dos especialistas, certo? O cérebro também precisa ser exercitado, mas ao invés de usarmos pesos, esteira ou pular corda, é necessário recorrer aos exercícios mentais. Algumas boas opções são:

  • Palavras cruzadas;
  • Xadrez;
  • Quebra-cabeças;
  • Sudoku;
  • Ler com frequência.

Essas atividades pressionam nossa capacidade mental e nos fazem pensar mais do que normalmente. Com isso trabalhamos o cérebro para encontrar novas alternativas e, consequentemente, ser mais criativo.

Fuja da rotina

Sinto informar, mas a rotina pode estar atrapalhando a sua criatividade. Para ter boas ideias o cérebro precisa de estímulos e referências e elas podem estar em qualquer lugar. Seja num bate-papo com os amigos, num happy hour depois do trabalho, naquele filme que estava na sua lista há tempos ou na viagem do final de semana.

Ter uma rotina é importante, mas se você faz a mesma coisa todos os dias é bem possível que esteja matando o seu lado criativo. Insira pequenas mudanças no seu dia a dia para aumentar sua criatividade, por exemplo: mude a sua rota para chegar ao trabalho, experiente um almoço diferente ou pesquise por novas músicas na internet e dê uma chance para o diferente.

Respire e relaxe

Ficar horas e horas na frente do computador esperando que uma ideia caía do céu é bobagem. Dê um tempo, tome um cafezinho ou faça uma caminhada, você pode se surpreender com o surgimento de novas ideias nesse período.

Quanto mais você pensa em algo, mais difícil fica de resolver o problema. Às vezes é preciso parar para respirar e vê-lo de outro ângulo. Além disso, o cérebro precisa de tempo para absorver todas as informações que você envia para ele.

Você pode adotar a Técnica de Pomodoro no seu dia a dia, ou seja, trabalhar por uma hora seguida e descansar por dez minutos, por exemplo. Dessa maneira você mantem a concentração, mas dá tempo para relaxar.

Tenha um objetivo

Por que você deseja ser criativo ou ter mais criatividade? Qual é o seu objetivo para buscar isso? Talvez você queira se destacar na sua profissão ou ter mais facilidade para ter novas ideias. Independente de qual seja o seu objetivo, tenha ele em mente durante todo o caminho.

Isso irá te ajudar a não desviar do caminho e focar nas estratégias e dicas que podem te ajudar a desenvolver essa capacidade.

Peça ajuda

Não há nada de errado em pedir ajuda para outras pessoas. Duas cabeças pensam melhor do que uma, então compartilhe sua ideia e gere uma troca. Durante o bate-papo novas ideias podem surgir e assim complementar a proposta inicial.

Ao mesmo tempo que você estará desenvolvendo sua habilidade, certamente também vai ajudar seu colega a desenvolver o lado criativo dele. Se torna uma via de mão dupla.

Anote todas as ideias

Papel e caneta em mãos, hora de anotar tudo o que vier na sua cabeça. Isso mesmo, não fique selecionando as ideias, deixe elas fluírem. Num primeiro momento uma ideia pode não parecer boa, mas com o tempo podem amadurecer.

Registre tudo o que você pensar, não bloqueie a sua criatividade. Quanto mais você estimular o seu cérebro, mais rápido as ideias vão começar a surgir, então deixe a torneira aberta. Vai que numa dessas está a nova Netflix? O futuro concorrente do Uber? Ou o refrigerante que vai desbancar a Coca-Cola? 🤩

Liberte sua imaginação, tente adaptar nossas estratégias para o seu cotidiano e o que se encaixa na sua personalidade. Lembre-se de que todos são criativos, alguns só precisam de um empurrãozinho.

Gostou das nossas dicas? Que tal receber conteúdos como esse diretamente na sua caixa de entrada? ❤


Faça um comentário

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × quatro =

Botão Voltar ao topo