BlogMarketing Digital

Dia do Publicitário: 5 filmes e 3 séries incríveis que todo profissional da área deve assistir!

Avalie esse artigo

Para trabalhar com publicidade e propaganda é necessário apenas um requisito: a criatividade. Muitos acreditam que somente algumas pessoas nascem com o dom de ser criativo, quando na verdade essa condição é aprimorada ao longo dos anos por meio de referências que encontramos em viagens, livros, músicas e, claro, boas histórias.

Por este motivo e para celebrar o dia do publicitário, nós aproveitamos para reunir alguns filmes e séries – sem Mad Men na lista, ok? – que trazem a publicidade, o marketing  e a arte em sua narrativa para te inspirar e colaborar para a expansão do seu conhecimento. Vamos lá!

Agência de Assassinos – 1980

Pouco conhecido, o filme Agência de Assassinos conta a história de um milionário (Robert Mitchum) que compra uma agência de publicidade e substitui os funcionários antigos por pessoas que não entendem da área profissional. O ex-funcionário, interpretado por Saul Rubinek, descobre que a intenção do milionário é usar propagandas subliminares para favorecer políticos e corporações, e conta a descoberta ao seu amigo (Lee Majors), que passam a ser perseguidos por assassinos.

Crazy People (Muito loucos) – 1990

Depois de ser abandonado por sua esposa, o publicitário Emory Leeson (Dudley Moore) tem uma crise de honestidade e cria uma campanha publicitária baseada em dizer a verdade sobre produtos.

O seu chefe recusa a ideia e obriga Leeson a se internar em uma clínica psiquiátrica, mas a campanha se torna um sucesso e o publicitário é chamado de volta para a agência. Apaixonado pela interna Kathy Burgess (Daryl Hannah), Leeson se recusa a sair da clínica e, ajudado pelos outros pacientes, começa a elaborar novas campanhas.

Do que as mulheres gostam – 2000

Após sobreviver a um acidente, Nick Marshall (Mel Gibson), um publicitário machista e egocêntrico, se torna capaz de ouvir os pensamentos das mulheres. Perturbado com as vozes que repercutem ao seu redor, Marshall percebe com o tempo que seu novo dom pode lhe trazer vantagens para agradar a sua nova chefe, Darcy Maguire (Helen Hunt).

Se você curte esse clássico da sessão da tarde, fique atento, pois dia 8 de fevereiro (nos EUA) estreia o remake intitulado “Do que os homens gostam”. Chegou a hora de descobrir o que se passa no pensamento masculino!

Obrigado por fumar – 2006

O filme apresenta um profissional de comunicação em situações desafiadoras e suas estratégias para promover o que parecer ser “impossível”, o cigarro. O ponto principal da trama é a habilidade que Nick Naylor (Aaron Eckhart) tem para contornar os problemas, mascarar a verdade e, sobretudo, um poder de persuasão quase sobrenatural. Ele transmite com perfeição o cenário publicitário, onde não é suficiente (e nem aceitável) que um publicitário entenda só de propaganda – ele precisa também conhecer ferramentas e técnicas de marketing.

Amor por contrato – 2007

Nesse filme uma família aparentemente perfeita se muda para uma cidade nos Estados Unidos e começa a chamar atenção dos vizinhos devido seu estilo de vida. O fato é que eles não são uma família de verdade, e sim funcionários de uma empresa de marketing. A estratégia é usar a imagem da “família perfeita” – num marketing oculto – para alavancar a venda de produtos luxuosos entre os moradores da localidade e incentivá-los a criar um novo estilo de vida.

Trust Me (série) – 2009

A série Trust Me, produzida em 2009 e que durou apenas uma temporada devido ao baixo número de audiência, descreve o universo da agência de publicidade americana ‘RGM’, em que dois melhores amigos formam uma famosa dupla no meio profissional. A história se transforma quando um deles é promovido e o outro não, e a amizade dos dois começa a ser testada em meio a uma briga de egos.

Selfie (série) – 2014

Eliza Dooley é uma jovem viciada nos seus perfis nas redes sociais e vive mais preocupada com seus “likes” no mundo virtual do que com seus relacionamentos no mundo real. Mas sua obsessão cibernética e narcisista acaba lhe trazendo problemas sérios. É então que ela vai atrás de ajuda para recuperar sua imagem pública. Assim ela procura Henry, um especialista em marketing e viciado em trabalho, para que ele possa ensiná-la a dosar entre os relacionamentos reais e os virtuais. Assim, ele aceita a nova “empreitada”, e os dois acabam aprendendo muito um com outro além de formar uma linda amizade.

Abstract: A arte do design (série) – 2017

É uma série documental produzida pela Netflix, com oito episódios, cada um com uma média de 40 minutos de duração. A série é completamente focada em arte e cada episódio aborda um artista influente dentro de uma área do design (gráfico, cenografia, fotografia, arquitetura, etc). Apesar de focar em arte, a produção é indicada para todos os gostos e serve de inspiração para quem busca criatividade.

Você já assistiu alguma dessas opções? Se sim, conta para gente nos comentários qual foi e o que você achou!

Faça um comentário

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *