BlogMarketing Digital

Veja como anunciar no Google Shopping e se destacar na ferramenta

Avalie esse artigo

Quem tem uma loja sabe que uma vitrine atraente para expor seus produtos é crucial. No universo virtual, o raciocínio é o mesmo. Se, no mundo físico, quando se tem um comércio em uma avenida movimentada, há mais chances de ser encontrado, no virtual, a regra também se aplica: a visibilidade está relacionada à qualidade do local em que a vitrine está.

A melhor visibilidade é a oferecida hoje pelo Google Shopping. Uma de suas maiores vantagens é o fato de que, uma vez que o usuário esteja no buscador, pode encontrar produtos facilmente sem ter de entrar em um site específico para isso. Ou seja, é a melhor chance que uma empresa tem de se mostrar para o cliente.

Isso porque o Google Shopping não é um marketplace nem integra meios de pagamento: trata-se de uma plataforma para anunciar produtos com o auxílio de imagens — algo essencial para produzir brand awereness para a marca. Quer saber como anunciar no Google Shopping? Então venha conosco!

Como o Google Shopping funciona

O primeiro passo é o comerciante cadastrar seu produto na plataforma com as especificações corretas. Assim, quando o cliente clicar nele, será direcionado automaticamente para a sua página e, lá, você vai recebê-lo em seu próprio domínio. E ainda há a possibilidade de fazer o artigo aparecer entre as primeiras sugestões.

Para isso, só é preciso que o Google o interprete como o mais relevante da lista. A ativação, a configuração e o monitoramento das ferramentas da plataforma são etapas que devem ser feitas da maneira certa para trazerem os resultados esperados.

Como anunciar no Google Shopping

Quem já anuncia no Google vai perceber que a mecânica de pagamento é semelhante à dos anúncios de texto, ou seja, paga-se por palavra-chave. No caso da venda de mercadorias, entretanto, a diferença é a otimização do feed de produtos.

Ativação

Para começar a vender no Google Shopping, é essencial que a companhia tenha usuários ativos e que seu domínio seja verificado em outras duas ferramentas do Google: Ads e Merchant Center. Depois, é preciso associar as duas contas (nas configurações de qualquer uma delas).

Configuração

É essencial que as características do produto sejam apresentadas de forma atraente. Veja quais itens é preciso informar à plataforma:

  • título;
  • descrição;
  • categorias;
  • imagem;
  • preço;
  • marca;
  • categorias de vestuário;
  • impostos;
  • frete;
  • demais informações;
  • rótulos personalizados.

Monitoramento e manutenção

É importante monitorar os anúncios de uma a três vezes por semana no primeiro mês. Assim, é possível saber quanto é necessário investir em publicidade. Depois desse período, a frequência pode ser ajustada conforme a necessidade.

De modo geral, vender no Google é não difícil, mas é preciso estar atento para agir se necessário. Para quem tem pouca experiência nesse mercado, uma alternativa é contratar uma empresa especializada. Ela vai ser capaz de fazer os esforços, de fato, terem o retorno buscado pela companhia.

Agora que você já sabe como anunciar no Google Shopping, que tal encontrar o parceiro ideal para ajudá-lo a fazer esse trabalho ter os resultados esperados? Entre em contato com a gente para conhecer nossas soluções e saber como nossa equipe pode ajudá-lo nessa jornada.

Faça um comentário
Tags

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *