BlogMarketing Digital

O que é e quais fatores influenciam o seu custo por lead gerado?

As métricas sempre são mencionadas nos conteúdos de marketing digital, já reparou? Isso acontece porque elas realmente são ferramentas muito valiosas na estratégia. O Custo por Lead (CPL), por exemplo, é capaz de mostrar à empresa se as campanhas estão sendo bem planejadas e executadas.

Essa métrica indica qual é o valor médio gasto para converter um visitante em lead qualificado, incluindo todas as etapas, desde a primeira interação com a marca até o momento do interesse de compra. Neste post, você vai entender melhor o que é o CPL e como ele é calculado. Acompanhe!

O que é o Custo por Lead (CPL)?

O significado do Custo por Lead é bastante intuitivo. O objetivo principal de uma estratégia de marketing digital é atrair novos clientes, não é? Além disso, você certamente tem um orçamento predeterminado para as ações da campanha. Portanto, essa métrica é capaz de mostrar se o valor necessário para atrair um cliente é condizente com o que foi previamente definido.

Na conta, entram os gastos com a manutenção de sites (hospedagem, domínio etc.), a alimentação de blogs e redes sociais, a contratação de serviços, como o Google AdWords e o Facebook Ads, os esforços com SEO, entre outros. Ou seja, absolutamente tudo o que é usado para atrair o visitante e convertê-lo para lead da sua empresa.

Como essa métrica é calculada?

É muito simples: basta dividir o valor total gasto na sua campanha pelo número de pessoas que efetivamente se tornaram potenciais consumidoras do seu produto. Assim:

CPL = total do investimento de marketing/total de leads gerados.

Por exemplo, seu orçamento com marketing digital era de R$ 10 mil — incluindo todos os recursos, etapas e profissionais envolvidos no planejamento e na execução das ações da estratégia. Ao final do período observado, você verifica que 1.400 visitantes estão interessados em consumir o seu produto, ou seja, são leads/potenciais clientes.

Nessa situação, o Custo por Lead foi de R$ 10 mil/1.400 visitantes = aproximadamente R$ 7,15 por pessoa. O CPL indica a conversão de visitante em lead, isto é, você não precisa ter fechado qualquer contrato de venda com o potencial consumidor, apenas levar em conta o interesse dele em adquirir o produto ou serviço.

Quais fatores influenciam o Custo por Lead?

Muitos fatores influenciam o Custo por Lead e eles estão diretamente relacionados à eficiência da estratégia. Embora não haja um padrão desse valor para comparar se o CPL é alto ou baixo, você deve analisar a taxa de fechamento e o ticket médio do seu produto ou serviço para entender se é preciso diminuir o custo.

Um CPL alto pode significar que alguma etapa da sua campanha está sendo excessivamente custosa, sem grandes resultados. Por isso, também é legal fazer o cálculo específico. Por exemplo: total investido em SEO on page/quantidade de leads qualificados. Assim, você consegue identificar qual ponto da estratégia está com problemas.

Como você viu, é importante que um gestor esteja ciente do Custo por Lead na estratégia de marketing. Afinal, é um investimento realizado pela empresa que envolve diretamente a atração de clientes. Contar com uma agência especializada é muito útil, pois profissionais qualificados e experientes saberão como otimizar os resultados e reduzir os custos.

Por isso, que tal conhecer a Echosis? Entre em contato conosco e veja as soluções que uma grande agência de marketing digital proporciona para o seu negócio!

Faça um comentário
Tags

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *