BlogMarketing Digital

Público-alvo: 5 dicas práticas de como definir para seu negócio!

Conhecer seu público é fundamental para conseguir o maior número possível de vendas. É impossível agradar a todos, então o ideal é que você crie um público-alvo, um grupo com características semelhantes nas quais você pode focar seus esforços. Isso garante maior taxa de conversão para suas campanhas.

Determinar quais são as características desse público pode ser uma tarefa mais difícil do que aparenta. E escolher o público errado pode prejudicar bastante os seus negócios. Felizmente, existem alguns critérios, técnicas e ferramentas que podem te ajudar com esse processo. Basta saber como utilizá-las.

E para facilitar um pouco sua vida, trouxemos aqui 5 dicas práticas que podem te ajudar a definir seu público-alvo com pouca dificuldade. Acompanhe:

1. Faça uma pesquisa de mercado

pesquisa mercado

Toda decisão empresarial começa com uma pesquisa. Incluindo as decisões de marketing e propaganda. Por isso você deve começar a pesquisar o seu segmento, que tipo de cliente você já possui e como pode alcançar os demais. Quando mais dados você puder reunir, melhor.

O melhor para começar a sua pesquisa é conversar com seu público atual. Seus clientes mais recorrentes são uma boa aposta, pois já estão familiarizados com o seu produto. A partir disso, você pode seguir para os próximos passos.

2. Defina os grupos demográficos

Com base nas suas conversas e em sua pesquisa, você deve estabelecer o perfil demográfico do seu público-alvo. Sua empresa atende apenas uma localidade específica, como um bairro ou uma cidade? É voltada mais para o público jovem, idoso ou adulto? Seus produtos são melhores para qual faixa de renda? Quando mais perguntas assim você responder, mais clara será a sua visão sobre o público.

Depois de reunir esses dados, tente listá-los e criar uma Persona, uma pessoa hipotética que seria parte do seu público. Pode até parecer um esforço redundante no começo, mas isso ajudará a desenvolver campanhas, metodologias e procedimentos que se adéquam muito mais aos grupos que você deseja impactar.

E se você possui mais de um público, não fique de preguiça! Faça o mesmo procedimento para os dois.

3. Use as redes sociais

redes sociais

A internet mudou a forma como as pessoas enxergam o mundo, mas também mudou a forma como as empresas enxergam seus clientes. Agora é muito mais fácil fazer com que os dois se encontrem e troquem ideias. E como feedback é uma parte muito importante de qualquer projeto, é melhor que você comece a colher o seu.

Lembre-se que diferentes públicos acessam diferentes redes sociais. A partir de sua pesquisa de mercado, você pode descobrir quais redes deve utilizar com mais frequência e quais não são tão relevantes para o seu negócio. E o melhor de tudo: é de graça! Você não precisa investir um centavo para começar a aproveitar essa ferramenta.

4. Segmente seu público-alvo o máximo possível

segmentação

Com “segmentar” nós queremos dizer “seja tão específico quanto possível ao escolher seu público”. Pode parecer contraproducente para um olho não treinado, mas, como já mencionamos vale muito mais a pena focar em grupos menores e ter 100% de aproveitamento do que atirar pra todos os lados e ter apenas 10% de retorno.

Por exemplo, em vez de ter jovens de 15 a 20 anos como público, pense em jovens de 15 a 20, com interesse em tecnologia, de classe média alta, que frequentam tipos de locais específicos e leem determinados conteúdos na internet. A diferença é bem notável.

5. Faça testes e avalie os resultados

resultados

Está com tudo em mãos agora? Ótimo! É hora de começar a colocar a mão na massa. Mas isso não significa que seu trabalho de avaliação acabou. Seu público-alvo ainda pode ser melhor estudado por comparação. E é melhor ir com calma e segurança do que pular de cabeça e se esborrachar.

Ao começar suas campanhas, invista pouco e tome nota dos resultados. Compare os dados e procure por pontos que podem ser ajustados. Faça os ajustes e, se tudo der certo, invista um pouco mais. Se der errado, é hora de reavaliar seus planos. Nunca se sabe quando a teoria vai funcionar igual à prática.

Definir corretamente seu público-alvo pode ser uma tarefa bem difícil. Então, por que não contar com ajuda especializada para isso? Entre em contato com a Echosis, tire suas dúvidas e peça um orçamento que caiba no seu bolso.

Faça um comentário
Tags

Postagens relacionadas