BlogFranquias

Financiamento para franquias: Vale a pena recorrer a esse recurso?

Quem nunca sonhou em ser o próprio chefe? Em ter mais autonomia e liberdade? Provavelmente você e outros milhares de brasileiros já tiveram o desejo de empreender. Mas abrir uma empresa não é tarefa fácil, sobretudo quando se trata do investimento. Mas no mercado de franquias é possível encontrar várias opções onde o investimento cabe no seu bolso. Caso você não tenha o valor total, pode optar por um financiamento para franquias.

No entanto, empréstimo é sempre um recurso para emergências ou últimos casos. Saber usá-lo é fundamental para conseguir ter sucesso na abertura do negócio e para não acabar endividado.

Mas vamos por partes! Primeiro é preciso saber como funciona esse empréstimo para franquias e todos os detalhes sobre esse recurso.

Como funciona o financiamento para franquias?

Primeiro é preciso esclarecer que o ideal seria não usar nenhum tipo de financiamento para começar um negócio, pois leva um tempo para a empresa se tornar rentável e você conseguir um retorno sobre o investimento. No entanto, essa pode ser uma boa opção para quer quem embarcar no mercado de franquias. Só é preciso ter cuidado e saber usar esse recurso.

Antes de correr para algum banco, verifique se existe a possibilidade de financiamento diretamente com a rede de franquias do seu interesse. Algumas marcas são mais flexíveis quanto ao valor de investimento, permitindo até que ele seja parcelado. Caso não seja possível, aí sim é hora de recorrer as linhas de crédito.

Mas nada de optar por uma linha de crédito pessoal! Alguns bancos possuem empréstimos específicos para quem deseja abrir uma franquia. Essas linhas especiais possuem melhores condições, como taxa de juros menores e um prazo de pagamento estendido. Atualmente as instituições financeiras que podem te ajudar são:

  • Banco do Brasil: É reconhecido pela ABF (Associação Brasileira de Franchising) como uma das maiores instituições de apoio ao mercado de franquias no Brasil. O Banco do Brasil possui uma linha de crédito especifica, o BB Franquia.
  • CAIXA: Já a Caixa possui diferentes financiamentos, tanto para quem deseja abrir uma franquia quanto para manutenções relacionadas ao negócio. Por exemplo: recursos para capital de giro, antecipação de receitas, financiamentos para investimento, convênios, seguro e previdência.
  • Bradesco: O Bradesco também disponibiliza diferentes tipos de financiamento para quem deseja se tornar franqueado. O valor disponibilizado pelo banco pode ser usado para montagem da franquia, aquisição de bens, modernização da franquia, pagamentos, gestão de caixas e expansão dos negócios.
  • Itaú: A linha de crédito disponibilizada pelo banco cobre até 50% do valor total de investimento, no entanto, exige uma garantia por parte do credor, que podem ser recebíveis do negócio ou o próprio patrimônio.

Essas são algumas instituições financeiras que disponibilizam financiamento para franquias e que podem te ajudar no início do negócio. Lembrando que existe a possibilidade do empréstimo ser negado, caso o banco acredite que é um investimento arriscado.

3 dicas para te ajudar na hora de solicitar um financiamento

Converse com a franqueadora e com os franqueados

É importante estar ciente desde já que para ter sucesso como franqueado é preciso estabelecer um bom relacionamento com a franqueadora e até mesmo com os franqueados. Então ao escolher a rede de seu interesse procure conversar sobre todas as suas dúvidas, principalmente sobre o investimento. Verifique quais são as possibilidades disponíveis e opte pelo financiamento somente se não houver outra saída.

Tente negociar

Quando se trata de dinheiro é muito importante saber negociar. Verifique com o banco ou com a franqueadora a possibilidade de alterar algumas condições, mas com limites para não desvalorizar o trabalho alheio. Converse sobre as taxas de juros, os prazos de pagamento e as demais condições a fim de encontrar uma maneira que fique bom para ambos os lados.

Utilize somente o necessário

Na hora de solicitar um empréstimo é normal ficar pensando em tudo o que poderia ser feito com o valor disponibilizado. Mas limite-se a solicitar e utilizar somente o valor necessário para o investimento inicial e o capital de giro. Evite que a sua dívida vire uma bola de neve e o seu negócio acabe mais caro do que o necessário.

Quer saber mais sobre financiamento para franquias? Confira todos os detalhes com um especialista no assunto, nosso parceiro Erlon Labatut, no vídeo abaixo:

Como conseguir financiamento para franquias?

Que tal receber conteúdos como esse diretamente na sua caixa de entrada?


Faça um comentário

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *