BlogFranquias

Como posso conciliar maternidade e trabalho? Confira nossas dicas!

Maternidade e trabalho são duas palavras que quando são colocadas juntas, tendem a ser um desafio. Isso porque saber conciliar essas duas tarefas não é nada fácil, tanto que algumas mulheres começam a pensar ainda na gravidez como será o momento de voltar ao trabalho, com quem os filhos irão ficar e se vai ser possível dar conta de tudo.

Infelizmente ainda vivemos em uma sociedade que considera o cuidado e a criação dos filhos uma responsabilidade exclusiva da mulher. Assim, é extremamente desgastante trabalhar o dia inteiro, cuidar das tarefas domésticas, educar os pequenos e ainda ter disposição para brincar no fim do dia, não é mesmo?

Se você já tem filhos ou tem planos para engravidar, saiba que esse é um dilema que irá surgir. No entanto, preparamos algumas dicas para te ajudar a enfrentar esse problema e, consequentemente, se sair bem nas duas funções. Vamos lá?

Dicas para conciliar maternidade e trabalho

É importante destacar que cada mulher vive a maternidade de uma maneira diferente. Então, dicas, rotinas e organizações que funcionam para uma, podem não dar certo para outra. Por isso não se culpe quando algo parecer fora dos “eixos”.

Lembre-se que não existe uma fórmula exata para conseguir adaptar o cuidado com seus filhos e o trabalho. A única regra é: foque no que funciona para você e a sua família.

Organize sua rotina

Quando se tem filhos, organização é um ponto crucial para que as coisas funcionem da maneira esperada. Sem uma rotina bem definida, você vai acabar dando mais atenção pra um do que pra outro. Para começar a organizar sua rotina, converse com o seu parceiro para sincronizar os compromissos de ambos para darem conta dos cuidados com o bebê. Se for mãe solo, peça ajuda de pessoas próximas ou de profissionais (cuidadores ou creches) para ter um tempo de trabalho bem definido.

Além disso, uma ideia é recorrer a ferramentas que podem ajudar a gerenciar melhor o seu tempo, como:

  • Uma agenda (seja a clássica de papel ou a eletrônica) para anotar seus compromissos, datas e tarefas importantes a serem feitas no dia;
  • Notas autoadesivas espalhadas pela casa são uma ótima forma de lembretes “visuais”, assim fica mais fácil de lembrar determinados afazeres;
  • Por fim, estabeleça metas a cada semana, mas é muito importante que elas sejam alcançáveis.

Considere o modelo home office

Algumas empresas já estão adotando esse modelo de trabalho, onde os funcionários tem a opção de trabalhar alguns dias em casa. Certamente trabalhar em casa é uma das melhores opções para as mães que querem dar continuidade a sua carreira profissional e ainda assim cuidar da família.

Dessa forma é possível economizar o tempo de deslocamento, continuar amamentando sem restrições de horário, não precisar faltar caso o filho fique doente e, principalmente, não ficar com o corpo no trabalho e a cabeça na criança.

Caso a empresa que você esteja atualmente não seja aberta a essa possibilidade, talvez seja a hora de considerar uma mudança no seu currículo ou até mesmo investir em um negócio próprio. A Echosis, por exemplo, é uma franquia de marketing digital focada no modelo home office. Ao optar por se tornar empreendedora, você terá liberdade para definir seus horários, poderá trabalhar de casa e ainda ficar de olhos nos filhos.

Pratique o desapego

Além de ser uma excelente profissional, agora você é mãe. É preciso entender que a sua rotina nunca mais vai ser como era antes da gravidez. A partir de agora você precisa se dividir para dar atenção a sua carreira profissional e também a sua família.

Não seja aquela mãe que está no trabalho, mas que liga a cada meia hora para casa ou escola para saber como o filho está. Claro que a separação da mãe e do filho é um momento muito delicado, porém, você precisa demostrar que também está interessada no trabalho. E a melhor forma de fazer isso é manter o foco nas suas atividades, como fazia anteriormente.

“Desapegar” do seu filho não significa deixá-lo de lado e não estar presente quando necessário. Quando precisar participar de reuniões ou eventos na escolinha, informe seu superior com antecedência que você precisa ou chegar mais tarde ou sair mais cedo. Essa é outra maneira simples de conciliar a maternidade com o seu trabalho.

Agora que você descobriu as nossas dicas, conciliar a maternidade e o trabalho não parece mais uma missão impossível, né? Se você gostou desse conteúdo, aproveite e se inscreva na nossa newsletter e receba nossos artigos diretamente na sua caixa de entrada! 📬

Receba conteúdos exclusivos!


Faça um comentário

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *