BlogFranquias

Como escolher uma franquia? Os itens que você deve avaliar antes de tomar uma decisão!

O mercado de franquias possui diversas opções para quem deseja investir no segmento. Mas, ainda que a variedade ajude o empreendedor a encontrar o negócio ideal de acordo com o seu perfil, chegar à uma decisão final é um processo longo e rodeado de dúvidas. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o Brasil contava com 3.039 redes de franquias somente em 2016. Ou seja, mais de 3 mil opções de franquias para investir em diversos segmentos e com variadas faixas de investimentos. Por isso, listamos aqui algumas dicas e sugestões de como escolher uma franquia para que você possa começar o seu próprio negócio sem medo.

Além disso, você pode conferir também o vídeo no nosso canal do Youtube relacionado a este mesmo tema! Vem com a gente:

Como escolher uma franquia?

Na hora de escolher o seu modelo de negócio, não basta avaliar apenas o investimento exigido para a abertura da unidade. Ainda que as franquias baratas sejam atrativas, é necessário fazer uma análise completa antes de bater o martelo sobre uma decisão final. Escolher uma franquia que se encaixe no seu perfil profissional vai fazer toda a diferença no desempenho do negócio. Abaixo você confere alguns itens para ficar de olho:

Avalie seu perfil

Analisar suas próprias características é algo que não pode ser esquecido durante esse processo de decisão. Essa etapa irá te ajudar na decisão do setor e da marca, e a entender melhor as suas expectativas e forma de trabalho do dia a dia.

Durante essa análise do perfil, busque entender o que você deseja da rotina e da marca em si, para depois especificar as prioridades na seleção de redes. Pergunte-se:

  • Qual é o seu capital disponível para investir?
  • Você terá quanto tempo para dedicar-se ao negócio?
  • Que tipo de trabalho prefere: atender diretamente o público ou gerenciar uma equipe?
  • Quais são suas habilidades e conhecimentos profissionais mais fortes?
  • Quanto é o faturamento esperado?

Com o seu perfil definido, você consegue definir com mais facilidade aquilo que procura nas redes de franquias, e assim, pode tomar uma decisão mais consciente e adequada à sua realidade.

Escolha do segmento

Um dos primeiros passos de como escolher uma franquia deve ser a escolha do segmento. O setor escolhido irá influenciar diretamente na sua rotina de trabalho e no desempenho do negócio, portanto, é importante que essa decisão seja feita com base em estudos e análises.

Segundo a classificação da ABF, as franquias nacionais são divididas em 11 categorias. Sendo elas: Alimentação, Casa e Construção, Comunicação, Informática e Eletrônicos, Entretenimento e Lazer, Hotelaria e Turismo, Limpeza e Conservação, Moda, Saúde, Beleza e Bem estar, Serviços Automotivos, Serviços e outros negócios, Serviços Automotivos.

Estudo da região

Após definir o seu segmento de atuação, chegou o momento de avaliar o potencial deste mercado na sua região. Essa etapa é fundamental para entender se o ramo escolhido realmente tem espaço para atuação na sua cidade.

Em cidades grandes ou capitais, é comum encontrar diversas unidades de franquias. Neste caso, é preciso avaliar se o segmento já está enfadado. Já nas cidades pequenas, o problema principal é o baixo potencial para integrar alguns tipos de negócios, seja pela falta de público ou pelas limitações habitacionais impostas pela rede.

Decisão da franquia

Após selecionar o segmento e estudar o contexto de mercado da sua região, é hora da decisão principal: a escolha da franquia. A escolha da franquia irá exigir um tempo maior de estudo do empreendedor, pois, é preciso pesquisar cada detalhe e informação sobre as redes pelas quais se interessa.

Se preferir, o empreendedor pode entrar em contato com as redes para agendar reuniões, participar de conversas e apresentações. Nesta etapa, é importante avaliar os seguintes itens:

  • O histórico da rede;
  • De que forma os produtos e/ou serviços oferecidos se posicionam no mercado;
  • Nível de conhecimento da franqueadora sobre esses produtos e/ou serviços;
  • Suporte oferecido ao franqueado;
  • Nível de satisfação dos franqueados com a franqueadora;
  • Taxas cobradas (como royalties e taxa de propaganda);
  • Viabilidade financeira da franquia.

Além disso, estude também a Circular de Oferta de Franquia, ou COF, onde constam diversas informações sobre a rede, como responsabilidades do franqueador e do franqueado. Lembre-se também de entrar em contato com quem já é franqueado da rede para trocar algumas experiências.

Agora saber como escolher uma franquia ficou muito mais fácil, certo? Que tal conhecer um pouco mais sobre a franquia de marketing digital Echosis? Entre em contato conosco e marque uma reunião com um de nossos consultores. Torne-se um de nossos franqueados e aproveite todas as vantagens do modelo home based.

Faça um comentário
Tags

Postagens relacionadas