BlogFranquias

Como criar um próprio negócio: Por onde devo começar?

Para muitas pessoas, ter que lidar com as rotinas impostas por uma empresa não é a melhor opção. Alguns profissionais são mais produtivos quando têm controle sobre o próprio trabalho, cumprindo suas tarefas de acordo com a própria iniciativa. Para estes, há outras alternativas, como criar um próprio negócio. A questão que todos se perguntam aqui é: como?

O processo de montar a própria empresa é um pouco complicado para um novo empreendedor. Não tanto pela burocracia, pois para isso existem manuais. Mas para as coisas mais nebulosas, como melhorar suas chances de sucesso e mudar para a mentalidade de administrador. Estes pontos só são apreendidos na prática.

Para te ajudar a entender como criar um próprio negócio, separamos 5 pontos pelos quais você pode começar para melhorar as chances de sucesso da sua empresa. Confira:

1. Estude o mercado

O primeiro passo para lidar bem com qualquer forma de negócio é entender como ele funciona e por qual contexto ele passar. Isso é especialmente importante quando você está criando uma nova empresa, pois essas informações são o que determina se ela terá alguma chance de retornar o seu investimento.

Você não abre uma loja de grife em um bairro de classe média-baixa onde ninguém tem orçamento para seus produtos, por exemplo. Também não começa a trabalhar como consultor em uma área que você não conhece. Estudar a área onde pretende se inserir é fundamental se pretende ter um negócio de sucesso.

2. Crie uma meta bem definida

Não adianta saber como criar um próprio negócio se não houver um objetivo claro para todo esse investimento. Algo genérico como “começar a trabalhar com um restaurante” pode ser uma meta de vida, mas para que uma empresa vingue, você precisa de algo bem palpável, como “ter um restaurante com contas em dia e orçamento equilibrado em até 8 meses”.

Ter uma meta bem específica vai te ajudar a nortear suas ações ao longo do tempo. Muitos negócios acabam indo à falência por causa de uma série de investimentos mal planejados e que não levam a nenhum benefício real para a empresa. Se você quer evitar isso, melhor começar a se planejar.

3. Registre seus contatos importantes

Uma lista de e-mails, telefones e perfis em redes sociais é muito mais valiosa do que aparenta a princípio. Contatos de clientes são ótimos para fidelização, enquanto potenciais parceiros podem ser muito úteis para solidificar um negócio. Quanto mais destes você tiver à sua disposição, melhor.

Por isso, ao começar seu negócio, registre todos os contatos importantes, tanto leads quanto outros negócios. Isso facilitará bastante seu trabalho de e-mail marketing, por exemplo. E lembre-se: não compre listas prontas! Isso pode, no mínimo, fazer com que sua conta seja bloqueada por spam, impossibilitando futuras campanhas.

4. Junte o capital necessário antes

Um erro que muitas pessoas cometem quando não sabem como criar um próprio negócio é não ter orçamento o suficiente para manter seus primeiros meses de empresa. Pode parecer algo bobo, mas muitos se esquecem de fazer as contas corretamente antes de começar a comprar o material necessário.

O resultado da falta de planejamento financeiro é que muitos negócios não possuem recursos extras para cobrir eventuais despesas e emergências. A conclusão lógica disso é mais uma empresa afundando antes de começar a dar frutos. A menos que sua janela de oportunidade seja muito pequena e promissora, não se sinta mal em esperar mais alguns meses para conseguir o dinheiro que precisa.

5. Busque alternativas se necessário

Mesmo os melhores investidores sabem que, quando o barco começa a naufragar, você precisa sair dele. Em alguns casos, o melhor que você pode fazer é ter um plano B, alguma alternativa para conseguir qualquer rendimento a partir do seu dinheiro. Melhor do que sair de mãos vazias no final.

Um exemplo é buscar uma franquia em vez de começar o próprio negócio do zero. Além de ser uma opção mais barata, você pode contar com uma marca já consolidada, o que aumenta bastante suas chances de sucesso.

Agora que você entende como criar um próprio negócio, é hora de dar os primeiros passos. Falando nisso, que tal conhecer uma opção agora mesmo? Entre em contato com a Echosis, tire suas dúvidas e descubra como se tornar um franqueado em marketing digital.

Faça um comentário
Tags

Postagens relacionadas