BlogMarketing Digital

O que é preciso para que o remarketing dê certo em lojas virtuais?

Avalie esse artigo

O remarketing é uma das estratégias mais utilizadas por lojas virtuais (e-commerces) com o intuito de fazer o potencial cliente reconsiderar uma eventual compra não concretizada, ou seja, visitantes que deixaram o site em meio a alguma etapa de compra, abandonaram o carrinho ou, simplesmente, frequentam a página do produto assiduamente.

Sabendo disso tudo, eis que entra em pauta a questão: como fazer o remarketing funcionar eficientemente na sua loja virtual? Explicamos tudo a seguir. Confira!

Como funciona o remarketing?

Remarketing é uma ferramenta presente em serviços de publicidade online (Google Adwords, Facebook Ads e outros) que consiste, basicamente, no redirecionamento de anúncios segmentados a usuários que demonstraram interesse em determinado produto, mas deixaram o site sem efetuar a compra.

Isso é possível devido à coleta de dados de navegação deixados pelo consumidor (os famosos “cookies”), a qual permite que suas visualizações sejam impressas nos sites parceiros do Google em que o usuário navegar, como os grandes portais de notícias — essa estratégia é conhecida como retargeting.

Nesse sentido, definimos o remarketing como uma ferramenta de retargeting do Adwords capaz de incrementar as campanhas por meio de suas funcionalidades exclusivas e todas as vantagens que a parceria com o Google proporciona. O retargeting, por sua vez, é a estratégia em si, desde a coleta de dados por meio do “cookie” até o disparo de anúncios segmentados ao usuário, individualmente.

Como fazer remarketing em lojas virtuais?

Agora que já aprendemos o básico sobre remarketing e como o recurso funciona, vejamos quatro dicas valiosas para fazê-lo acontecer na prática.

1. Crie listas de segmentação

A criação de listas de segmentação é um recurso valioso que os serviços de links patrocinados oferecem, pois, diferentemente do retargeting básico, a loja virtual consegue alcançar públicos específicos para cada tipo de anúncio.

Na prática, o Adwords (por exemplo) é integrado ao Google Analytics, principal ferramenta de coleta de dados de navegação do site, de modo que as características do usuário sejam detectadas. Com isso, anúncios personalizados são criados mirando visitantes que:

  • são recorrentes;
  • acessaram seções específicas do site;
  • geraram conversões de meta;
  • concluíram a compra;
  • etc.

2. Faça ajustes no lance

Ser estratégico é um requisito importante para o sucesso na campanha de remarketing. Uma amostra do quanto esse fundamento impacta nos resultados é a possibilidade de ajustar os lances do anúncio (processo do Adwords para selecionar os anúncios a serem impressos) conforme as características do consumidor.

Por exemplo, ao descobrir a faixa etária, sexo ou região à qual pertence o consumidor, você ganha a oportunidade de aumentar o valor dos lances para expor o anúncio em sites mais propícios e relevantes para a conversão.

3. Mantenha os anúncios atualizados

Imagine a situação: você pesquisou um produto que deseja, mas não finalizou a compra. Pouco tempo depois, recebe um anúncio divulgando aquele produto como uma “oferta imperdível”, mas, ao clicar, ele está mais caro ou indisponível. Como você se sentiria? Infelizmente, tais situações são frequentes no remarketing e prejudicam a reputação das empresas que cometem o erro.

Para evitar que o mesmo aconteça com sua loja virtual, preste muita atenção na atualização dos anúncios. Sempre que um produto tiver seu preço alterado, verifique, imediatamente, se existe algum anúncio ativado para ele e faça os devidos ajustes.

4. Analise o desempenho das campanhas

Um dos maiores benefícios do marketing digital é a possibilidade de modificar as estratégias instantaneamente. No caso do remarketing, é imprescindível mensurar os resultados gerados por cada ação e, a partir dessas informações, trabalhar na otimização dos anúncios.

Por exemplo, é comum acontecer de empresas dispararem anúncios que não estabelecem a devida conexão com o consumidor, pois seus conflitos são diferentes do presumido. Ao detectar esse problema, o anunciante estuda mais detidamente as ações daquele usuário para fazer os ajustes necessários — ou recuar, caso não veja potencial de vendas.

Aplicando essas dicas, é certo que suas campanhas de remarketing apresentem melhores resultados e, consequentemente, ajudem a aumentar os lucros de sua loja virtual. Lembre-se que você pode contar com uma agência especializada para cumprir essa missão!

Quer aprender como potencializar ainda mais as suas vendas? Veja, também, como aproveitar os benefícios do Social Selling em seu negócio!

Faça um comentário
Tags

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *