BlogMarketing Digital

Marketing Conversacional: Descubra como sua empresa pode adotá-lo

Quando os consumidores destacam o que os motivou a escolher uma empresa ou serviço, o atendimento de qualidade é um dos primeiros fatores mencionados. Independente do ambiente, online ou offline, os clientes gostam de ser bem tratados e é partindo dessa ideia que surgiu o marketing conversacional.

Também chamado de Marketing de Conversão, essa estratégia de Marketing Digital tem como objetivo criar um relacionamento mais humano e personalizado com os clientes. Para isso são utilizadas ferramentas — como Chatbots e WhatsApp — que criam uma comunicação um-a-um e impulsionam os leads a avançar no funil de vendas. Ou seja, transformar usuários em leads qualificados e esses, em compradores da marca.

Quer saber como você pode aplicar essa tática no seu negócio e assim obter melhores resultados? Confira mais informações a seguir:

Quais são as vantagens do Marketing Conversacional?

Apenas saber do que se trata essa estratégia não é o suficiente para te convencer a investir nele, certo? Por este motivo reunimos algumas das vantagens do Marketing Conversacional. Saiba quais são elas:

Automatizar o atendimento

Manter um atendente 24h por dia disponível para atender os usuários é praticamente impossível. No entanto, quanto mais rápido se estabelece um relacionamento entre a marca e o consumidor, melhores são as chances de o cliente ter interesse pelo produto ou serviço.

Assim, utilizar chatbots é o mais indicado. Quando bem estruturados eles são capazes de atender a todas as necessidades e transmitir uma sensação mais humana. Já em casos especiais, que necessitam de um atendimento humano, os robôs podem encaminhar o usuário corretamente.

Menor tempo de espera

Quantas vezes você quis esclarecer uma dúvida simples, mas o único meio de comunicação com as marcas era através de emails ou formulários? Com o Marketing Conversacional a proposta é reduzir o tempo de espera com o uso de bots, com eles 74% das dúvidas dos clientes são respondidas em dois minutos, ou menos.

Melhora a experiência do consumidor

Como vimos, os consumidores desejam uma comunicação simples, rápida e objetiva, sem a necessidade de passar por várias etapas. Ao mesmo tempo, ele está mais exigente, já que a internet facilita o acesso a milhares de informações.

Assim, ao melhorar o atendimento da sua empresa e realizar as expectativas dos usuários, com certeza eles terão uma boa experiência, principalmente porque vão perceber a consideração que a sua marca tem pelos clientes. Desta maneira, as chances de fidelização serão muito melhores.

Quais canais podem usar o Marketing Conversacional?

Redes Sociais

As redes sociais são ótimos canais de vendas e de relacionamento para as empresas. Por meio delas você pode produzir conteúdos sobre a sua empresa, produtos e serviços. Além de conseguir se comunicar diretamente com os usuários.

Elas podem ser gerenciadas por um social media ou um chatbot — neste último caso você implementar a ferramenta para que ela funcione esporadicamente. Ou seja, é possível mesclar o atendimento aos usuários entre um atendente e um robô para que eles nunca fiquem sem uma resposta.

Call Centers

Muitos call centers já fazem o uso da Unidade de Resposta Audível (URA) para realizar atendimentos e interações comerciais de forma automatizada. Esse sistema tem capacidade para entender comandos de voz dos clientes, conseguem fazer consultas de saldo, realizam processos e, também, direcionam o contato para o atendimento humano.

Sites, ecommerce e blogs

Diferentemente das redes sociais, essas canais não costumam ter um espaço específico para comunicação. Em geral, as empresas apenas destacam qual é o email ou telefone disponíveis para contato. Mas essa não é uma maneira muito efetiva de esclarecer as dúvidas e ajudar os leads.

Além disso, quando eles preferem entrar em contato no site ou ecommerce é porque já estão no estágio avançado de compra. E a ausência de um canal direto pode fazer com que ele mude de ideia. Nesse caso  o ideal é incluir um bate-papo direto para que ele possa conversar sem precisar ir até outro canal. Outra ideia é inserir o ícone do WhatsApp ou do Messenger (Facebook) para que o usuário seja direcionado. O mais importante é que ele consiga entrar em contato com a sua marca.

Apesar do objetivo do Marketing Conversacional ser de conquistar leads qualificados, é importante não se deixar levar apenas pelo lado comercial. Apostar em uma abordagem não-invasiva, que realmente esclareça as dúvidas e que o ajude em suas dores é muito mais efetivo. Quando o consumidor se sente bem tratado, é acolhido e tem suas demandas supridas, as chances dele retornar para adquirir algo da empresa que supre suas necessidades são muito maiores.

Gostou de saber mais sobre o Marketing Conversacional? Para receber conteúdos parecidos com esse diretamente no seu e-mail basta se inscrever na nossa newsletter! ✨


Faça um comentário

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *