BlogMarketing Digital

Instagram muda e deve priorizar conteúdos originais

Desde que surgiu, o Instagram revolucionou o mercado de redes sociais. Foi nessa plataforma que começaram a surgir os primeiros criadores de conteúdos, que também são chamados de influenciadores. Mas do longo dos anos muita coisa mudou, novas redes sociais surgiram e, de certa forma, surgiu uma disputa entre as plataformas.

Para republicações de conteúdos do TikTok e valorizar aqueles que usam o Instagram para criar, Adam Mosseri, chefe da plataforma, anunciou mudanças no algoritmo para beneficiar conteúdos originais.

A promessa é que as novas atualizações vão melhorar a exposição dos criadores de conteúdos originais, fazendo-os chegar a uma maior quantidade de pessoas.

Vamos entender com mais detalhes essas mudanças? Continue a leitura. 😊

Instagram x TikTok

Você sabia que nós conseguimos nos concentrar somente de 7 a 10 minutos? O nosso tempo de foco vem diminuindo ano após ano. Não é a toa que o TikTok tem feito tanto sucesso.

Segundo um levantamento realizado pela Statisa, o Brasil é o segundo país que mais usa o TikTok no mundo, ficando atrás apenas da China.

A fama da rede vizinha logo fez os concorrentes ligarem o alerta. Para acompanhar o movimento, plataformas como Instagram e YouTube lançaram ferramentas de vídeos curtos — o caso do Reels e dos Shorts, respectivamente.

Entretanto, o TikTok possui uma comunidade muito fiel. A maioria dos usuários produz conteúdo original na plataforma e apenas reposta em outras redes sociais.

Para evitar os vídeos reciclados, o Instagram tratou de tomar algumas medidas. Primeiro, reduziu o alcance de vídeos com marca d’água de outras plataformas.

E anunciou que a rede não é mais fotos, mas, vídeos curtos e entretenimento, destacando o formato do Reels. Ou seja, para conseguir ter um bom resultado na plataforma da Meta, é necessário priorizar e produzir vídeos.

Apesar de parecer que eles se importam com os usuários, ficou claro que essas medidas servem apenas para competir a concorrência.

Contudo, os criadores de conteúdo são uma peça fundamental para o Instagram, pois eles agem como promotores da marca.

Quais são as novidades?

Pensando nisso, a plataforma decidiu que era hora de valorizar os usuários que criam conteúdo do zero.

Para isso, foram anunciados novos recursos:

  • Tags de produtos: Os usuários podem marcar produtos nas fotos ou vídeos;
  • Categorias: Essa função permite que os usuários definam uma “identidade”. Por exemplo, se você é professora de dança pode selecionar a opção “dançarina”. Assim, ao ser marcada uma foto ou vídeo, será exibido seu nome e sua categoria. O que ajuda os usuários a encontrarem personalidades que eles desejam acompanhar.
  • Ranking de originalidade: Por fim, a plataforma terá um ranking para destacar aqueles que produzem conteúdos originais. Para que eles fiquem no topo.

Todos os detalhes dessas atualizações você pode conferir no vídeo abaixo, feito por Mosseri e divulgado em seu Twitter.

Seja original

Não, esse não é um conselho apenas para você se destacar no Instagram. Mas para crescer na internet é preciso ser você mesmo.

No ambiente online existe muito conteúdo “mais do mesmo”. É preciso buscar o diferente, criativo e original para conseguir sair na frente.

É importante destacar que essa mudança no algoritmo não significa que os conteúdos editados fora da plataforma serão penalizados. Então não se preocupe. O que vale para o Instagram é a ideia.

Além disso, essas atualizações ainda estão em andamento. Provavelmente devem entrar em vigor nos próximos meses, assim como outras funcionalidades.

Que tal receber conteúdos como esse diretamente na sua caixa de entrada? ❤


Faça um comentário

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco + 4 =

Botão Voltar ao topo